Maria Rita Stumpf e DJs Selvagem

Maria Rita Stumpf e DJs Selvagem


When?

Start time: Sunday 18:00 (19 November)
End time: Sunday 20:00 (19 November)

About

O encerramento do 4˚ Festival Kino Beat celebra a música brasileira pretesamente esquecida, com o show de relançamento do disco de 1988 "Brasileira" da canotra e compositora gaúcha Maria Rita Stumpf - Artista. A abertura do show fica por conta dos DJs da festa Selvagem de São Paulo/Rio, Millos Kaiser e Trepanado, na cafeteria do SESC, apresentando artistas e ritmos obscuros de todos os cantos do Brasil.

A força, originalidade e qualidade de um trabalho capaz de gerar "redescobertas" 30 anos depois de seu lançamento poderão agora ser sentidas ao vivo.

Maria Rita Stumpf, cantora e compositora gaúcha que teve seu primeiro disco, "Brasileira", lançado em 1988, ao poucos retoma carreira musical pausada no início dos 90. Suas canções foram relançadas pelo selo Selva Discos, criado pelos DJs da Selvagem, após ser redescoberta principalmente por jovens DJs e colecionadores de vinil.

O estopim para o recomeço veio quase três décadas depois. A faixa que abre o álbum, "Cântico Brasileiro Nº3 (Kamaiurá)", se tornou hit em festas de musicalidades brasileiras na Europa e Japão através de DJs, até chegar ao Brasil. O LP já era objeto do desejo de colecionadores de vinil ao redor do mundo e chegava a alcançar preços de 800 euros na internet. Parte do sucesso tardio se deu pela união de sonoridades que a artista reúne. Há desde cânticos brasileiros a percussões africanas, toques indígenas, passando por flautas, piano e sintetizadores. Na produção independente, contou com Ricardo Bordini, Luiz Eça e o grupo Uaktí. Em 1989, foi indicada ao Prêmio Sharp na categoria Revelação Feminina.

Apesar da origem no Rio Grande do Sul, não tem as músicas dos pampas como ponto de partida para seu trabalho autoral. "O ambiente sonoro das pessoas, dos lugares, o sofrimento de brancos, índios e negros, e também seu deleite era o que me atraía", comenta a compositora. "Para mim, tudo começava na voz e se ia construindo na memória, repetindo para guardar o já criado e pouco a pouco ouvindo a letra, as palavras cantadas, instrumentos, ventos, sopros, outras vozes, atmosferas e tecidos sonoros".

Foi em 2015 que seu trabalho como cantora foi sendo redescoberto. John Gomez, DJ anglo espanhol, encontrou o LP da cantora no Japão, o que o inspirou a criar a coletânea "Outro Tempo", lançado em fevereiro deste ano na Europa pelo selo holandês Music From Memory. O álbum duplo reuniu faixas de música contemporânea lançadas no Brasil entre 1978 e 1992, incluindo "Cântico Brasileiro Nº3".

Maria Rita Stumpf volta aos palcos para os relançamentos de suas canções no final de 2017, passando por algumas capitais. Maria Rita estará acompanhado do brilhante tecladista e programador Danilo Andrade, do super percussionista Paulo Santos, fundador do grupo Uaktí e de André Santos, contrabaixista e violinista com quem atuou na década de 90. No repertorio, canções que integram o LP Brasileira e algumas surpresas.

https://soundcloud.com/optimo-music/omsd-001-maria-rita-brasileira-album-sampler

DJs Selvagem - 18h no Café SESC

Selvagem é a festa criada pelos DJs Millos Kaiser e Trepanado em 2011, bem como a alcunha que os dois usam quando discotecam juntos.

A marca nasceu em São Paulo, onde eles começaram a tocar em uma festa própria, gratuita, realizada numa praça em pleno centro da cidade, chegando a reunir 3 mil pessoas. Após alguns
anos da "missa dominical", a dupla diversificou sua operação realizando também edições noturnas e com convidados nacionais e internacionais em diferentes e inexplorados locais. Por três anos consecutivos, foi nomeada pelo Guia da Folha de S. Paulo "Melhor festa da cidade".

A música da dupla passeia por eras, estilos e origens distintos, sempre procurando apresentar um repertório original. Músicas raras, marginais, hits perdidos. Ambient, reggae, zouk, boogie,
disco, house. E muita música brasileira que você nunca imaginou que existisse.

A dupla já lançou 5 discos com edits de faixas nacionais em selos como B.I.S. Records Inc. (do show de rádio Beats In Space), Disco Halal, Hello Sailor e Universal Cave. Recentemente, lançaram o Selva Discos, selo próprio dedicado a desencavar artistas e obras brasileiras perdidas no tempo e no espaço. O primeiro release é o álbum "Brasileira", gravado pela cantora Maria Rita Stumpf em 1989. A primeira prensagem do LP já está esgotada.

Neste ano, os dois DJs apresentaram-se no renomado festival Dekmantel, nas edições brasileiras e holandesas, além de figurarem no line-up da Tenda Eletrônica do Rock In Rio.

Apresentação no Boiler Room Stage (Dekmantel Holanda 2017) https://www.youtube.com/watch?v=wCkMicSXbVI

http://soundcloud.com/selvagem
4˚ Festival Kino Beat˚ - 8 e do 16 à 19 de novembro
Teatro do SESC - Av. Alberto Bins, 665 - Centro
Show 19h, DJs no café às 18h - Entrada Franca
Retirada de ingressos a partir das 18h